Os Deficientes Visuais e a Educação a Distância / The Visually Impaired and Distance Education

Vânia Ulbricht, Angela Rossane Benedetto Flores, Tarcisio Vanzin, Marilia Abrahão Amaral, Armando Cardoso Ribas

Resumo


Se o surgimento Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) revolucionou a vida de pessoas não deficientes, é bem possível imaginar o que acrescentou aos deficientes visuais. Computadores, impressoras em Braille, leitores de tela, facilitam a comunicação e a troca de informações, o que permite maior integração e preparo emocional da pessoa com deficiência em relação à não-deficiente. No tocante ao processo de ensino aprendizagem os Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVAs) estão modificando as antigas formas de ensinar e aprender e conferem apoio na modalidade da educação semipresencial ou a distância. Entretanto, as plataformas utilizadas para EAD não privilegiam a educação para todos e sem barreiras. Procurando contribuir com a educação a distância (EAD) inclusiva, este artigo versará sobre a aprendizagem do deficiente visual, delimita seu perfil e apresenta as modificações realizadas na plataforma Moodle para que o deficiente visual possa melhor utiliza-la. A metodologia, inicialmente, utilizada para este trabalho foi, primeiramente, a revisão bibliográfica que concentrou sua busca a partir de métodos propostos por Stanley Loh para o processo de identificação de conceitos baseados em um modelo contextual. Em um segundo momento, foi desenvolvida uma pesquisa aplicada na plataforma Moodle.

Palavras Chave: Educação a Distância, Educação Inclusiva, Deficientes Visuais, Moodle.

 

Abstract

If the emergence of Information and Communication Technologies (ICT)revolutionized the lives of people without disabilities, it is quite possible to imagine what it does to the blind. Computers, printers, Braille, screen readers, facilitate communication and exchange of information, allowing greater integration and emotional preparation of the disabled person in relation to non-disabled. Concerning the teaching and learning process the Learning Management Systems (LMS) are changing the old ways of teaching and learning and provide support in the form of semi-face education or distance. However, the platforms used for distance education do not emphasize education for all and without barriers. Looking for help inclusive elearning, this article will focus on learning of blind people, determines its profile and shows the changes made in Moodle for the visually impaired can better use it. The methodology initially used for this study was the literature review that focused their search on the basis of methods proposed by Stanley Loh for the process of identifying concepts based on a contextual model. In a second step, we developed an applied research in the Moodle platform.

Keywords:  E-learning, Inclusive Education, Visually Impaired, Moodle


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Esta é uma publicação quadrimestrall do publicada pela equipe do Laboratório de Tecnologias da Informação e da Comunicação - LATEC/UFRJ em parceria com o Grupo de Estudos de Representação Gráfica em Ambientes Virtuais (GERGAV)Laboratório de Ecologia e Desenvolvimento (LED) e com o Grupo de Estudos em Ciência e Educação Ambiental - GEA. e é dedicada à educação no contexto das Novas Tecnologias Digitais.

ISSN: 1983-2664

www.latec.ufrj.br

 

This is an electronic publication of the Information and Communication Technologies Research Laboratory , from the Federal University of Rio de Janeiro - LATEC / UFRJ, in partnership with Lingnet Project, from the Faculty of Literature of the federal University of Rio de Janeiro and and is dedicated to education in the context of digital technologies.

ISSN: 1983-2664

www.latec.ufrj.br