Tapejara wellnhoferi

(Kellner, 1989)

Esta espécie de pterossauro é encontrada apenas nos nódulos calcários da Formação Romualdo, na Bacia Sedimentar do Araripe, nordeste do Brasil. Pertence ao grupo dos Tapejaridae, que são pterossauros com crânio curto e voltado para baixo, com cristas ósseas e uma grande fenestra nasoanterorbital. Devido ao seu bico apresentar uma estrutura semelhante a um quebra-nozes, acredita-se que tenha se alimentado de frutificações. Outro fator que corrobora esta idéia é a ausência de dentes nos representantes deste grupo. Embora esta espécie só seja encontrada no Brasil, representantes dos Tapejaridae são também encontrados na China, de onde se acredita que seja a sua origem. Durante 160 milhões de anos, os pterossauros dominaram os céus. Esses répteis eram os animais voadores que existiam em maior número, sobretudo nas áreas próximas aos mares do passado, a exemplo da espécie Tapejara wellnhoferi.

Etimologia: O epípeto genérico significa em Tupi-guarani “O Ser Velho”.  O epíteto específico constitui uma homenagem ao Paleontólogo alemão e especialista em pterossauros, Peter Wellnhofer.

Idade: cerca de 110 Milhões de anos (Albiano - Cretáceo Inferior)

Ocorrência: Ceará (Formação Romualdo, Bacia do Araripe)

Habitat: terrestre

Dieta: frugívoro

Sistemática:

  • Archosauria
    • Pterosauria
      • Pterodactyloidea
        • Tapejaridae
          • Tapejara

Sugestões para leitura:

KELLNER, A. W. A. 1989. A new edentate pterosaur of the Lower Cretaceous from the Araripe Basin, Northeastern Brazil. Anais da Academia Brasileira de Ciência, 1(4): 439.

WELLNHOFER, P., 1991. The Illustrated Encyclopedia of Pterosaurs. New York: Crescent Books, 191p.

KELLNER, A. W. A. 2003. Pterosaur phylogeny and comments on the evolutionary history of the group. In Buffetaut, E. & Mazin, J.-M. (eds) Evolution and Palaeobiology of Pterosaurs. Geological Society Special Publication 217. The Geological Society of London, pp. 105-137.

KELLNER, A. W. A.  2004. New information on the Tapejaridae (Pterosauria, Pterodactyloidea) and discussion of the relationships of this clade. Ameghiniana 41, 521-534.

KELLNER, A.W.A.; & CAMPOS, D.A. 2007. Short note on the ingroup relationships of the Tapejaridae (Pterosauria, Pterodactyloidea. Boletim do Museu Nacional 75: 1-14.

WELLNHOFER, P., KELLNER, A. W. A. 1991. The Skull of Tapejara wellnhoferi  (Reptilia, Pterosauria) from the Lower Cretaceous Santana Formation of the Araripe Basin, Northeastern Brazil. Mitt. Bayer. Staatssamml. Palaont. Hist. Geol., 31: 89.

Conteúdo por: Juliana Sayão e Pedro S. R. Romano

MODELOS 3D:

  • Crânio
  • Cabeça (reconstruçao)
Ampliar modelo

Modelo: Crânio completo de Tapejara wellnhoferi baseado nos exemplares UOSG 12891 (terminação anterior do crânio com crista completa) e MCT 1500-R (caixa craniana completa e parte anterior do crânio, mas sem a extremidade rostral do pré-maxilar e a crista sagital).

Tamanho do exemplar: 25 cm de comprimento

Modelo 3D desenvolvido por Orlando Grillo

Ampliar modelo

Descrição: Escultura em vida da cabeça de Tapejara wellnhoferi

Paleoartista: Maurilio S. Oliveira

Técnica: espuma de poliuretano; resina epóxi e tinta acrílica

Escala: 1:1

Tamanho: 25 cm de comprimento

Modelo virtual desenvolvido por Orlando Grillo